quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Presidente por um dia

Um dia após ter ocupado a tribuna para defender, através do Grande Expediente, a implantação da Internet livre em todos os municípios gaúchos, o deputado Mano Changes presidiu hoje (25/2) à tarde a nona sessão plenária de 2010 da Assembléia Legislativa. Demonstrando total adaptação a função, o parlamentar coordenou debates importantes, como o que tratou da necessidade de uma maior valorização salarial para os servidores da Brigada Militar e do magistério público estadual.. Se o PP, partido do Mano, estiver entre as quatro maiores bancadas, eleitas na eleição deste ano, irá ocupar a presidência da Assembléia em um dos quatros anos da próxima legislatura. Ai quem sabe teremos, realmente, uma grande presença no maior posto da Casa do Povo.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Internet para todos



O deputado estadual Mano Changes (PP) defendeu hoje no Grande Expediente da Assembléia Legislativa a implantação, pelo Executivo estadual, da rede de Internet gratuita (wireless) em todos os municípios gaúchos. A intenção, segundo ele, é promover a inclusão social através do acesso das periferias a informação e ao conhecimento. Para tanto, visando sensibilizar o Estado para a importância da medida e estimar o volume de investimento necessário, ele pretende levar, através da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia, o debate para dentro das universidades e centros de pesquisa. Num desses encontros, em Ujuí, durante a realização da TecNova, o parlamentar pretende ouvir a posição dos candidatos a governador a respeito da expansão da rede de Internet livre. Prestigiaram o Grande Expediente dirigentes e pesquisadores das secretarias estaduais da Educação e da Ciência e Tecnologia.Mano Changes já vem tratando do assunto há algum tempo, tendo sido autor de dois projetos de lei: o 288/2009, que cria o programa Internet para Todos e o 372/2009, que institui a obrigatoriedade do acesso a Internet aos alunos das escolas estaduais do Rio Grande do Sul.

sábado, 20 de fevereiro de 2010

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Mano Changes vai ser papai

Isso mesmo! Aumentou a responsabilidade do deputado estadual e vocalista da banda Comunidade Nin-Jitsú, Mano Changes. Ele vai ser papai. Grande presença!!!! O homem agora vai ter que aprender a trocar fralda, preparar madeira e outras atividades paternas. A responsável por esta façanha é a sua mulher Thabata. Com três meses de gravidez o casal deu sorte e descobriu o sexo do bebê já na primeira ecografia: vai ser um garoto. O nascimento do primogênito está previsto para agosto, no auge da campanha eleitoral. O nome do rebento ainda não está decidido. Sabem como é? O pai é democrata e quer fazer um escolha que agrade toda a família. Enquanto isso, os amigos se referem ao bebê como Maninho ou Dioginho (referência ao verdadeiro nome do pai que é Diogo).Parabéns ao casal!
Equipe do Gabinete Parlamentar e da Comissão de Educação

Internet para todos


Convicto de que a Internet pode ser um excelente instrumento de inclusão social, pela democratização que dá ao acesso à informação e ao conhecimento, sem falar no potencial que representa em termos de mercado de trabalho (as futuras profissões estarão cada vez mais ligadas a informática), o deputado estadual Mano Changes (PP) apresentou o Projeto de Lei 288/2009, que institui, via acesso sem fio (wireless), o programa “Internet para Todos”.
Para o parlamentar, o acesso gratuíto a Internet só será possível se houver a participação do Estado. “E é isso que o PL propõe ao criar um instrumento legal para que o Estado coordene os municípios que ainda não possuem acesso sem fio e banda larga, incentivando a iniciativa privada e as prefeituras a implantarem sistemas digitais”, afirma Mano.
O deputado, que preside a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia, acredita que o programa vai ajudar os gaúchos no acesso gratuito e livre a conteúdos de domínio público, educação e cultura, ensino à distância, informação governamental. Salienta, ainda, que a Internet e a comunicação não podem ser mecanismos para aumentar as desigualdades sociais e que por isso, o Estado deve implementar políticas digitais que promovam a inclusão dos cidadãos e o acesso aos órgãos públicos, à educação, à cultura e a informação.
“Tal qual a rede de esgotos, a energia elétrica e o telefone, a Internet precisa estar acessível a todos”, declara Mano Changes. Segundo ele, o Brasil é o país que, em proporção à sua população, apresenta o menor número de computadores pessoais, linhas telefônicas e servidores da rede, cabendo ao Estado importante papel na democratização da “Internet”, auxiliando nas soluções para a conexão a pouco ou nenhum custo.

Cais do Porto



Revitalização urgente
Em ano de Copa do Mundo nada mais natural do que lembrar que faltam quatro anos para a realização do evento no Brasil. E as notícias sobre as tratativas para a execução das obras necessárias para a realização do megaevento esportivo se tornaram uma constante nos meios de comunicação. Nada mais natural, pois o caderno de encargos da FIFA, entidade organizadora da Copa do Mundo, estabelece um rigoroso cronograma com prazos pré-fixados para as diversas obras previstas. No caso de Porto Alegre, a prefeitura municipal, segundo informações da mídia, pretende incluir novas obras as tantas já arroladas como indispensáveis. Ora, é claro que quanto mais beneficios Porto Alegre receber melhor. Ocorre que o tempo está passando e não se vê nenhuma obra sendo executada. De todas uma, pela sua importância para a capital e para o Estado, se sobrepõe: a revitalização do cais do porto. Quem conhece as experiências de revitalização de áreas portuárias, realizadas em outras cidades brasileiras e de outros países sabe do que estou me referindo. Daí a urgência na revitalização do nosso cais. É que com ela o centro de Porto Alegre será revigorado, transformando-se numa grande atração turística, capaz de colocar o Rio Grande do Sul entre os maiores centros culturais da América. Não podemos desperdiçar está oportunidade, sob pena de perdermos o bonde da história. Mano Changes


É hora reciclar
As imagens apresentadas pela mídia, mostrando os estragos provocados por terremotos, maremotos, tornados, furacões, enchentes, secas, calor e frio extremos, etc, demonstram a urgência da implementação de medidas reparadoras dos danos causados pelo homem a natureza. Não apenas pelas grandes potências econômicas, embora sejam elas as principais responsáveis, mas por todos os habitantes do planeta. A começar por mudanças simples na nossa rotina diária, como por exemplo, não despejando o óleo usado na cozinha no esgoto. Se você depositarr esse óleo velho num recipiente adequado e encaminha-lo a um posto de coleta para que seja reciclado, estará contribuindo para a despoluição de córregos e rios. Se você não tem um posto de coleta perto da sua casa lembrem-se que óleo de cozinha saturado é um excelente produto para assender o carvão para assar um churrasco. Da minha parte, protocolei na Assembléia Legislativa projeto de lei que estabelece o Programa Estadual de Incentivo à Reciclagem de Oléo Culinário Usado. Estou trabalho e torcendo para que a iniciativa seja transformada em Lei e seja aplicada o mais rapidamente possível. Consciência ecológica, criatividade e iniciativa. Um grande passo para a recuperação do meio ambiente.
Mano Changes